BLOCO CIDADANIA

RESISTÊNCIA

Janeiro 2011               Índice Geral do BLOCO CIDADANIA


29/01/11

• O papel das oposições (12):  Oposição autofágica - por Ruy Fabiano

Fonte: Noblat / O Globo
[29/01/11]  Oposição autofágica - por Ruy Fabiano

A oposição brasileira encontrou finalmente o objeto central de seu combate: ela própria. Ignorou até aqui todo o processo de montagem do governo Dilma, incluindo denúncias contra ministros, os desastres do Enem, os escândalos na Funasa e em Furnas e até a tragédia das chuvas, que evidenciaram mais uma vez o descaso do Estado para um drama recorrente.

Mesmo o anúncio de refiliação ao PT de uma das principais peças do Mensalão, Delúbio Soares – com o apoio explícito do próprio Lula -, passou batido. O PT acha que ele foi injustiçado, muito embora esse veredicto caiba ao Judiciário. Nem um pio da oposição.

O DEM, que Lula propôs “extirpar”, está ocupado numa queda de braço interna que envolve, de um lado, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e, de outro, o presidente do partido, Rodrigo Maia.

Em pauta, a disputa do comando da legenda – ou por outra, a própria sobrevivência da legenda, já que se atribui a Kassab o desejo de fundi-la ao PMDB.

O PSDB, por sua vez, disputa hoje 2014, opondo de um lado o senador Aécio Neves e, de outro, o grupo ligado ao ex-governador José Serra. Está em pauta um certo Projeto Minas, que tem por objetivo fixar a candidatura de Aécio para a sucessão de Dilma e defenestrar de vez José Serra. O PT, maravilhado, agradece.

O próprio nome do projeto já indica uma estreita visão provinciana por parte de seus mentores. A Presidência da República não é um projeto desse ou daquele estado, mas do país. A candidatura que emerge do embate de dois estados – por sinal, os maiores do país - já nasce derrotada.

Importante notar que a rapidez com que o processo sucessório foi deflagrado entre os tucanos evidencia a tensão que a campanha eleitoral de 2010 mal disfarçou. Ninguém ignora que o apoio de Aécio a Serra foi meramente formal, extraído a fórceps.

O tom adesista do governador Anastasia, retribuído por Dilma, indica que daquele mato não sairá o coelho da oposição. O próprio Aécio já avisou que pretende fazer uma oposição construtiva, sem explicar exatamente do que se trata. Nem precisa.

Como é comum nesses processos autofágicos, há de tudo, sobretudo lances ambíguos. O governador Geraldo Alckmin, por exemplo – ele próprio postulante à sucessão de 2014 -, tem dado apoio pontual e disfarçado ao projeto dos aecistas.

Endossou, por exemplo, por meio de seus aliados a investida contra a candidatura Serra à presidência do PSDB. Serra não pleiteou publicamente o cargo, mas pelo que, em política, se chama de ordem natural das coisas, o lugar lhe caberia. Obteve 47 milhões de votos nas eleições, e é, mesmo sem mandato, uma das figuras mais representativas da legenda.

O Projeto Minas, no entanto, quer vê-lo pelas costas, sem levar em conta que, assim como Serra não se elegeu pela falta de engajamento dos tucanos mineiros, Aécio não se elegerá se não obtiver o apoio efetivo dos tucanos paulistas.

O embate, se não for contornado, além de impedir que a oposição exerça seu papel perante o atual governo, estabelecerá a derrota antecipada nas eleições presidenciais de 2014.

A Alckmin evidentemente não interessa o Projeto Minas. Mas, como também vê em Serra um obstáculo às suas pretensões presidenciais, dá força a seus adversários de Minas para que saia do páreo desde já.

Com adversários desse porte, Dilma e o PT podem se concentrar no seu próprio umbigo. A disputa de cargos com o PMDB provoca atritos maiores que o previsto. Estes, porém, se resolvem com a caneta e o Diário Oficial, neste momento em que está em pauta a divisão do volumoso bolo do segundo escalão.

A oposição, porém, não dispõe desses instrumentos. Abdicou de fiscalizá-los para dedicar-se ao espantoso esporte da autofagia.

Ruy Fabiano é jornalista


Comentários com nome completo do remetente devem ser enviados para Helio Rosa, coordenador deste BLOCO. Não há compromisso de publicação.


 [Procure "posts" antigos e novos sobre este tema no Índice Geral do BLOCO CIDADANIA            WirelessBrasil