BLOCO
Blog dos Coordenadores ou Blog Comunitário
da
ComUnidade WirelessBrasil

Maio 2011               Índice Geral do BLOCO

O conteúdo do BLOCO tem forte vinculação com os debates nos Grupos de Discussão  Celld-group e WirelessBR. Participe!



18/05/11

• Telebrás, Eletronet e PNBL (362) - Duas matérias sobre o "Cinturão Digital" do Ceará

Olá, WirelessBR e Celld-group!

01.
Estamos visitando os Planos Estaduais de Banda Larga e também as "Cidades Digitais", como incentivo ao governo para que considere na reformução do PNBL os esforços já realizados pelas unidades da federação e municípios.

Sobre o PEBL do Ceará fizemos este "post" recente:
11/05/11
• Telebrás, Eletronet e PNBL (359) - Plano Estadual de Banda Larga do Ceará: "Cinturão Digital"

02.
Sobre o "Cinturão Digital" transcrevo mais abaixo estas duas matérias, de hoje e de ontem:

Fonte: O POVO Online
[18/05/11]  Custo de acesso deve chegar a zero no Ceará - por André Teixeira

Fonte: Tele.Síntese
[17/05/11]  Leilão para concessão do Cinturão Digital exigirá contrapartidas - por Fátima Fonseca

03.
Repito a ladainha:
Creio com firmeza que um projeto para "universalizar" a banda larga no Brasil passa necessariamente pelas esferas estaduais e municipais.
Qualquer plano que não considerar e valorizar o que já está feito nas cidades e estados está destinado ao fracasso e ao desbaratamento de recursos.
A função do governo federal será coordenar, complementar e incentivar esses esforços, com a necessária auditoria na execução.
E isto poderá ser feito dentro da estrutura no Ministério do Planejamento sem necessidade de reativação da Telebrás.
Quem acompanha esta série de "posts" sabe que a Telebrás foi reativada ilegalmente e já deu provas, mesmo antes de começar a funcionar, que será uma enorme fonte de problemas e um "ralo" por onde escoarão preciosos recursos de impostos pagos pelos contribuintes. (...)

03.
A possibilidade da chegada da Coreia com força total no mercado brasileiro disparou os sismógrafos internos das operadoras de telecom (haja escala Richter!).
Vamos acompanhar os consequentes tsunamis...  :-)
Estou reunindo matérias sobre o tema e fico aguardando indicações.
Obrigado!

Boa leitura!
Um abraço cordial
Helio Rosa
Portal WirelessBRASIL
BLOCOs Tecnologia e Cidadania

--------------------------------

Fonte: O POVO Online
[18/05/11]  Custo de acesso deve chegar a zero no Ceará - por André Teixeira - andretb@opovo.com.br

O plano que visa democratizar a internet no Brasil começa a ganhar capilaridade. A GVT e Intelig venceram o leilão para tocar o Plano Nacional de Banda Larga no Ceará, que vai distribuir acesso rápido à rede mundial de computadores em periferias e cidades do interior

O custo do acesso à internet no Ceará tenderá a zero após implantação do Cinturão Digital, do Governo do Estado, e do Plano Nacional de Banda Larga, projeto do Governo Federal. De acordo com o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Fernando Carvalho, além do custo de acesso, o valor cobrado pelas prestadoras de serviço de conexão devem reduzir com a implantação dos programas dos governos estadual e federal.

Conforme o colunista do O POVO Jocélio Leal publicou na última sexta-feira, 13, a GVT e Intelig venceram o leilão da Telebrás para assumir a Banda Larga Popular no Ceará. Com isso, o Governo pretende atrair empresas do porte do Google e Microsoft para o Estado, além de ampliar o acesso à rede.

Fernando destaca que a rede da chamada Banda Larga Popular é de qualidade. “Algumas pessoas pensam, quando veem o nome popular, que é uma coisa de baixa qualidade. Não. Se tiver que ser popular, tem que ser de qualidade”, afirma o presidente a Etice.

A GVT, que executará o programa no Ceará junto com a Intelig, não garantiu se haverá aumento no acesso à rede ou barateamento do serviço. “Ainda é muito prematuro para garantir alguma coisa”, afirmou a assessoria de imprensa da empresa. A Intelig não respondeu até o fechamento desta edição.

Atualmente, o preço médio mensal de um acesso à internet é de R$ 40 para uma conexão de um megabit por segundo. Em São Paulo, o custo médio da mesma conexão é de R$ 70.

O Governo Federal vai contemplar seis cidades do Ceará entre os 100 primeiros municípios do País a receber o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL): São Gonçalo do Amarante, Sobral, Quixadá, Barreira, Maranguape e Russas.

O acesso das cidades à internet por meio da PNBL deveria ter iniciado em abril, o prazo, porém, não foi cumprido. A nova data para o lançamento do programa no Ceará não definida.

O objetivo do programa do governo é “universalizar” o acesso à internet com conexão de qualidade. Para viabilizar o programa, as estatais federais vão conceder à Telebrás o uso de fibra ópticas e infraestruturas para transferência de dados. Ontem, foi aprovado o uso de fibra ópticas da Petrobras nas regiões Sul e Sudeste, que começam a ser usufruídas pela Telebrás a partir da próxima semana.

Cinturão Digital
Três anos antes do PNBL, o governador Cid Gomes já anunciava para o Ceará o Cinturão Digital. Trata-se de um rede on-line que vai conectar os órgãos estaduais.

O presidente da Etice, Fernando Carvalho, diz que há um troca de interesses mútuos entre o Cinturão Digital e PNBL. “Eles (Governo Federal) terão com acessar a Polícia Federal ou a Receita Federal por meio do Cinturão Digital, por exemplo; e o Estado terá mais caminhos para atingir pontos do Ceará. Os interesses se complementam”, explica.

O quê
Entenda a notícia

Aos poucos o Brasil começa a pensar em acesso democrático à internet, mas ainda estamos longe. De acordo com pesquisa Ibope divulgada em abril, 38% dos brasileiros têm acesso à rede, dos quais 31% acessam por meio de lan houses.

-----------------------------

Fonte: Tele.Síntese
[17/05/11]  Leilão para concessão do Cinturão Digital exigirá contrapartidas - por Fatima Fonseca

O leilão para a concessão da rede de fibras do governo do Ceará está marcado para o dia 29 de junho

O leilão para a concessão da rede de fibras ópticas do governo do Ceará será realizado no dia 29 de junho e irá ofertar três lotes com um par de fibras apagadas cada, e 20 lotes com oferta de capacidade na rede, em diferentes velocidades de transmissão: dois lotes de 1 Gbps, dois de 500 Mpbs, dois de 256 Mbps, dois de 128 Mbps e o restante de 64 Mbps e 32 Mbps. A infovia do Ceará, chamada de Cinturão Digital, tem 2.400 km de fibras ligando a capital Fortaleza ao interior do estado. De acordo com Fernando Carvalho, presidente da Etice (Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará), o edital será publicado pelo governo um mês antes da data marcada para o leilão.

Carvalho adiantou que o edital trará algumas condições sociais como a obrigatoriedade de expansão da rede nas cidades onde a rede do estado não chega. “Quem vencer naquele trecho terá que construir o acesso local”, antecipou. Segundo ele, o edital não especifica a tecnologia para que possa ser usada também a 3G como meio de acesso. Outra exigência é a reversibilidade, ou seja, a empresa que construir a infraestrutura complementar terá que doar aquele trecho para o Cinturão Digital. Também será obrigada a compartilhar aquele trecho da rede com as empresas que vencerem os demais lotes licitados.

A rede que liga Fortaleza ao interior já está em operação experimental. Segundo o presidente da Etice, em 56 cidades há pelo menos três pontos de acesso, em cada, em funcionamento, e em outras, como Sobral e Fortaleza, um número maior de pontos já em operação, com velocidades de transmissão entre 50 Mbps e 60 Mbps.

Telebrás
O governo do Ceará é um dos que já manifestaram a intenção de firmar acordo com a Telebrás para a integração da rede estadual à rede da estatal, que vai operar o Plano Nacional de Banda Larga. Sas negociações para a assinatura do acordo, que estavam paralisadas há dois meses, serão retomadas na próxima semanal, entre representantes da empresa e do governo estadual.


 [Procure "posts" antigos e novos sobre este tema no Índice Geral do BLOCO]            ComUnidade WirelessBrasil